Gestão Ambiental ministra palestra nas escolas em Itupiranga/PA

Publicado por: Glícia Favacho

EMEF Albertina Barreiros


     Desde que a FUNAI concedeu a anuência para o asfaltamento do trecho Parakanã, em julho deste ano, a pavimentação no trecho Novo Repartimento e Marabá é aguardada ansiosamente por toda a população. Por ser um trecho que tangencia a terra indígena, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da equipe de Educação Ambiental da BR-230/422/PA, esteve nas escolas municipais de Itupiranga para ministrar uma palestra sobre “Populações Indígenas no Brasil”.

       Na apresentação, foi ressaltada a importância de se conhecer os costumes indígenas para que possamos entender e respeitar sua história. Na apresentação, destacaram-se as relações dos índios com a natureza, hábitos alimentares, moradias, atividades e diversos outros aspectos do modos de vida desses povos. Apresentou-se também os estereótipos que ainda envolvem a imagem dos indígenas no Brasil, segundo o texto da antropóloga e colaboradora da Articulação Xingu Araguaia (AXA) Lilian Brandt, falando sobre as “10 mentiras mais contadas sobre os indígenas”, que ajudou a entender o olhar racista e preconceituoso a que esses povos ainda são submetidos.

     Para o único aluno indígena da Escola Albertina Barreiros, Pedro Suruí, da etnia Sororo, é preciso buscar por informações a respeito da cultura indígena, tanto antigamente como na atualidade, para conhecer um pouco de nossa história. “Trabalhar a questão indígena na escola é fazer com que o país conheça a si próprio, oferecendo a nós alunos, condições para estar em contato com as tradições de nosso país que apresenta uma rica cultura”.